top of page

Tudo sobre Haworthias


As Haworthias são as suculentas mais fáceis de se cultivar, por isso são perfeitas para quem é novo com plantas! Além disso se adaptam muito bem em ambientes internos sem sol direto.


Haworthia é um gênero de plantas suculentas com mais ou menos 150 espécies! Crescem geralmente em formato de roseta, e existem em diversas formas, texturas e cores. Suas flores são bem pequenas na ponta de hastes longas, e geralmente na cor branca.


São perfeitas para terrários abertos de suculentas, pois não perdem seu formato natural com a falta de sol.


Luminosidade

É indicado meia-sombra ou sombra, a maioria das Haworthias pode se queimar com sol muito intenso, por isso preferem lugares bem iluminados, mas sem a incidência de sol muito forte. Na natureza elas costumam crescer na sombra de pedras ou de arbustos. Por isso são as suculentas mais indicadas para ambientes internos.

Se você colocá-las no jardim não se esqueça de fazer uma adaptação aos poucos para evitar queimaduras do sol.


Solo

As suculentas apreciam um solo leve e com boa drenagem. Existem substratos próprios para suculentas, ou podemos usar um substrato para plantas ornamentais a base de turfa e casca de pinus moída, e misturar um pouco de areia comum para melhorar a drenagem.


Fertilização

As Haworthias não requerem muitas fertilizações, podemos fertilizar apenas no período de crescimento, normalmente duas vezes na primavera é o suficiente. Utilize um fertilizante para cactos ou suculentas.

Para vasos com menos de 1,5 ano não há necessidade de fertilizarmos.


Regas

Elas precisam de um intervalo entre as regas, ou seja, só regue quando o solo já estiver seco. A freqüência vai depender da umidade do clima, em cidade mais quentes e secas a freqüência de regas será maior. Teste com o dedo ou um palitinho para verificar se a terra secou até o fundo do vaso.


Mudas

Podemos fazer novas mudas por sementes, mas a maneira mais fácil é separando os brotos laterais que a planta-mãe produz. Para produzirem os brotos laterais elas precisam encontrar as condições ideais de luminosidade e regas. Confira nesse post como separar as mudas.







 


3 Comments


Adoro essas suculentas que se adaptam à meia sobra!Vou escrever sobre elas também aqui:

http://historiofobia.blogspot.com/search/label/suculentas?m=1

Like

Parabéns pelo texto. Principalmente pelos detalhes. Muito bem explicado.

Like

Amo Haworthias. https://blogsuculentascoloridas.com.br/

Like
bottom of page