Como Regar um Terrário Fechado



Os terrários fechados funcionam como mini florestas tropicais e possuem um ciclo autossustentável que praticamente não precisa de intervenção humana.


É necessário fornecer uma pequena quantidade de água ao solo para o ciclo funcionar. A água será absorvida pelas raízes das plantas e assim que a fotossíntese começar, e as folhas liberarão vapor de água, e se o terrário for bem fechado, esse vapor se condensará no vidro e irá escorrer para o solo, perpetuando o ciclo.


Se o terrário tiver uma boa vedação pode ficar por meses e até anos sem ser aberto.


1. Ferramenta

Utilize uma seringa para regar pela parte interna do vidro, como se fosse pelas "paredes" do vidro, assim a água vai escorrer até chegar ao substrato (terra). E também regar perto da base das plantas. Evite regar as folhas para elas não apodrecerem.


2. Quantidade

Não existe um volume exato de água, vai depender do número de plantas e do tamanho do terrário. Você pode regar até a camada de substrato (terra) começar a escurecer por conta da umidade, assim é certeza que a água alcançou as raízes.


3. Freqüência

A freqüência vai depender da vedação do terrário. Regue quando o vapor de água na parte interna do vidro diminuir bastante e o solo também estiver secando. Não é necessário esperar o solo secar totalmente.


4. Considerações

Evite regar de maneira que fique muita água acumulada no fundo do terrário, pois esse excesso muitas vezes seguidas pode causar limo no vidro e nas pedrinhas. E as plantas podem até apodrecer.

Importante lembrar que para o ciclo acontecer o vidro deve ser transparente para as plantas receberem luminosidade natural e realizarem a fotossíntese. E o terrário não pode ficar exposto ao sol. Por isso utilizamos plantas de sombra em terrários fechados.


Confira um vídeo nos Destaques do nosso Instagram - "Regas" - onde mostramos o passo a passo.

Curso Definitivo de Terrários Abertos e Terrários Fechados | Online