top of page

Kalanchoe marmorata: uma suculenta perfeita para cultivar em casa

Atualizado: 15 de mar. de 2023


A Kalanchoe marmorata é uma suculenta originária da região central e leste da África. Suas folhas são em formato oval com margens frequentemente serrilhadas ou inteiras, e coloração cinza esverdeada com manchas púrpuras que dão charme à espécie.

É uma planta fácil de cuidar e pode ser cultivada em vasos e canteiros. Ela se adapta bem a diferentes tipos de solo, desde que seja bem drenado. O ideal são regas moderadas, evitando o encharcamento do solo constante.

Esta suculenta também é resistente ao calor e à luz direta do sol, mas prefere um ambiente com sombra parcial. Em regiões de clima mais quente, é recomendável cultivá-la em um local com proteção contra o sol forte do meio-dia.

A Kalanchoe marmorata produz pequenas flores brancas ou rosa claro. As flores têm uma duração de aproximadamente um mês e a planta pode florescer várias vezes ao ano, desde que receba algumas horas diárias de sol.

Seu nome com o termo marmorata é decorrente do aspecto de suas folhas com as manchinhas que dão a aparência de mármore. Para conservar essas manchas a suculenta precisa de 4 a 6 horas diárias de sol.


Com os cuidados certos, a Kalanchoe marmorata pode ser uma excelente adição ao seu jardim ou coleção de suculentas.

 

Luminosidade: Locais bem iluminados com 4 a 6 horas diárias de sol.


Regas: Sempre que o solo já estiver seco. Regar até escorrer um pouco de água pelo fundo do vaso e conferir se a terra já secou totalmente antes de regar novamente.


Substrato: Pronto para suculentas ou para plantas ornamentais a base de turfa e casca de pinus moída. Com boa drenagem.


Fertilização: Uma vez na primavera e uma vez no verão, com fertilizante para cactos ou suculentas.


Propagação: Por folhas.


Família: Crassulaceae

Gênero: Kalanchoe

Nome científico: Kalanchoe marmorata

 

Fotos: Terrários & Suculentas

Comments


bottom of page