Como cuidar das Echeverias


Olá! No começo eu comprava as rosas-de-pedra super lindas, colocava como centro-de-mesa e passava alguns dias elas começavam a perder o viço, eu não entendia o que acontecia, com o tempo percebi que elas são fáceis de cuidar mas possuem algumas peculiaridades.

SOLO

Assim como as outras suculentas as echeverias gostam do solo com boa drenagem, então vocês podem usar um substrato para flores e folhagens misturado com um pouco de areia de construção lavada para melhorar a drenagem. Se fizerem um arranjo em um recipiente sem furo não se esqueçam de colocar um pouco de pedrinhas ao fundo, porque assim o excesso de água ficará lá até secar.

Gosto de usar um substrato pronto para flores e folhagens (ou para plantas ornamentais) porque ele possui nutrientes para as plantinhas. É facilmente encontrado em lojas de jardinagem e até mesmo em petshops.

LUMINOSIDADE

As echeverias precisam de 4 a 6 horas de sol por dia, e muita luminosidade natural! A luz natural é vital para as Echeverias.

O sol da tarde não é indicado para algumas espécies, por ser muito intenso pode queimar as folhas. Por isso antes de coloca-las ao sol da tarde é indicado fazer uma adaptação com o sol da manhã. Coloque por alguns dias durante a manhã e aos poucos introduza ao sol intenso. Se perceber que as folhas estão ficando com marcas escuras, são queimaduras. Por isso o sol da manhã costuma ser mais seguro.

Se você morar em apartamento tente deixá-las em uma varanda ou perto de uma janela (que tenha circulação de ar) para elas receberem a luminosidade.

Caso não recebam a quantidade suficiente de luz perderão o viço e podem passar por um processo de estiolamento (contei aqui nesse post de Propagação das Suculentas).

REGAS - ÁGUA

Uma das perguntas que aparecem bastante no meu Instagram é sobre a quantidade de água e a frequência indicada para as Rosas-de-pedra. Não existe uma regra rígida, porque depende muito da umidade do ambiente em que elas se encontram. Mas existe uma dica que é imprescindível: Só regue a sua suculenta novamente quando a terra já estiver totalmente seca.

Para vasos que possuem furo embaixo vocês podem regar até a água escorrer embaixo, mas sem encharcar demais a terra, escorreu, parou. Antes de regar de novo confira com o seu dedo ou com um palito de churrasco se o substrato já está totalmente seco. Porque às vezes a superfície está seca mas ao meio está úmido. E as suculentas não gostam de serem mantidas sempre em solo úmido, isso pode apodrecer as raízes.

Com os vasos de vidro ou aqueles que não possuem furo embaixo é preciso um pouco de cautela para não acumular muita água ao fundo e a água costuma demorar mais para evaporar nesses recipientes. Faça o teste do dedo antes da próxima rega, nos vidros dá até pra enxergar se está úmido ainda. Nos terrários costumo usar uma seringa descartável, assim consigo regar com cuidado.

Dica muito importante: regue perto da base da planta e não por cima das rosetas, principalmente as que ficam dentro de casa, para evitar que a água se acumule nas folhas e atraia fungos.

Plantinhas que ficam em áreas externas costumam precisar de uma frequência maior do que as de ambientes internos, porque á água seca mais rápido.

Para mais dicas de como regar a sua plantinhas clique aqui.

Qualquer dúvida me escrevam. :-)

Família: Crassulaceae

Gênero: Echeveria

*Fotos: Terrários & Suculentas

#suculentas #echeveria #echeverias #luminosidade #luzparasuculentas #substratoparafloresefolhagens #regas #águaparasuculentas #Crassulaceae #TerráriosSuculentas #TerrárioseSuculentas

JUNTE-SE A NÓS

TERRÁRIOS & SUCULENTAS

COTIA - SP - BRASIL

CNPJ: 29.060.262/0001-23

aliceterrarios@gmail.com

​© COPYRIGHT TERRÁRIOS E SUCULENTAS 2016-2020