top of page

Como a condição do gramado tem influência no futebol



Por mais cores, definições ou características que um estádio tenha, o mais importante é o gramado. Ele é o centro das atenções, o palco onde os artistas mostram suas habilidades. É o epicentro de um jogo de futebol.


Deste modo, é fundamental que os gramados sejam bem tratados para que a bola possa rolar da melhor maneira e o show seja total.

Só que nem sempre isso acontece e existem alturas em que os gramados ficam em mau estado. Normalmente, times que têm um futebol mais pelo ar com cruzamentos e bolas lançadas na profundidade se adaptam facilmente a gramados mais ruins.




Por outro lado, se um time gosta de fazer circulação, tem um jogo mais apoiado com a bola de pé para pé, quando enfrenta um gramado irregular e em mau estado acaba tendo maiores dificuldades.


Além disso, um terreno irregular pode potenciar lesões graves nos jogadores, acabando por ter importância quer no resultado de um jogo específico como nos seguintes.


Para ultrapassar as dificuldades que os gramados naturais podem ter devido às condições climáticas, alguns clubes optam por instalar gramados sintéticos. Só que ainda não há grande consenso a este respeito.


O excesso de jogos e as condições climáticas afetam a condição dos gramados. E você sabia que a condição do gramado tem também influência nas apostas esportivas?

O site Casa Apostas, especializado em apostas e jogos online, tem indicações sobre como apostar em futebol, e, entre as dicas que deixa, chama a atenção para a necessidade de os usuários consultarem sempre o estado dos gramados, antes de registrarem suas apostas.


Atualmente, a maioria dos estádios no Brasil ainda têm grama natural. Aliás, os jogadores falam no cheiro que a grama natural lhes provoca, levando para recordações de quando eram crianças e sonhavam ser jogadores.


Reclamações sobre o gramado do Maracanã

O Estádio Maracanã é uma das catedrais do futebol mundial e sua grama natural tem motivado muitas críticas.


Os responsáveis do estádio acreditam que a solução passará por um gramado híbrido, com 90% de grama natural e 10% sintético.

Outra novidade que se espera que resulte é a plantação da grama no local, ao contrário do que vinha sendo prática no mundo até há uns anos, em que o gramado era plantado em outro local e transportado para os estádios em rolos.


Todos os times sabem que um bom gramado os deixará mais próximos do sucesso nas competições.


Por isso, nos últimos anos, grandes avanços ao nível da tecnologia têm vindo a ser implementados. É já comum que muitos gramados sejam sujeitos a tratamento através de fontes de calor móveis.


Um bom gramado não é apenas sinônimo de bons resultados no imediato. Ele pode acautelar possíveis lesões graves dos jogadores como entorses e contraturas.


Deste modo, ao longo do tempo, o gramado passou a ser não apenas o palco principal onde os artistas atuam, mas também uma zona de extremo cuidado e atenção por parte das diretorias dos clubes.


Comments


bottom of page